Logo
  • Área 51 oferece treinamento tático esportivo militar e realiza primeira missão.

    Victor Farma - Conheça nossa história em nosso Instagram

    Na vida temos obstáculos que precisamos superar o medo, a insegurança, o novo, deixar as velhas praticas e mergulharmos na certeza de se cumprir o certo, os princípios bíblicos e constitucionais.

    Assim, a área 51 vem desenvolvendo um trabalho motivacional com todos os públicos, onde nos treinamentos os alunos passam a vivenciar as praticas esportiva militar, altamente educativa e progressista, tendo como fundamento o patriotismo brasileiro.

    A área 51 chegou para ajudar as pessoas a refletirem e a praticarem atividades esportivas militares e acima de tudo trabalhando a ética, o respeito, a cidadania, coragem, companheirismo e fé, fatores essenciais, para conseguir alcançar seus objetivos na vida.

    Com muita determinação, foco, dedicação, amando a família, tendo Deus como autor supremo da vida, 16 adolescentes tiveram uma experiência incrível no último domingo dia 12 de junho, esses adolescentes participaram das atividades praticas esportivas militar intitulada de “Patrulha na Selva”, desenvolvida pelos instrutores da área 51.

    Para rebeca Reis o projeto é maravilhoso, pois intensifica o aprendizado. “É maravilhoso fazer parte desse projeto… amei a experiência na selva… eu quero continuar indo… é quantos mais acontecer, eu quero continuar participando… sou muito grata pela oportunidade”. Enfatiza a adolescente. Já a senhora Claudia Farias, mãe do adolescente Otávio, considera positiva a participação do seu filho nas atividades da Área 51. “A experiência vivida no último domingo por Otávio, foi muito boa. Conforme me relatou, foi bem gratificante, o aprendizado, ensinamentos recebidos, teve oportunidade de interagir com outras pessoas, lições que está aplicando no dia a dia”. Disse a mãe entusiasmada.

    Como sabemos todo ser humano tem como missão de vida amar o próximo como a si mesmo, colocando também em prática o primeiro mandamento da lei de Deus “adorar a Deus e amá-lo sobre todas as coisas”, sempre honrando a família, defendendo a pátria e honrando a seus pais. Com esse sentimento envolvido pelo espirito esportivo militar e exercitando na pratica os adolescentes puderam viver um dia de aventura na selva, tiveram que colocar todas as instruções em prática, pois eles tiveram a missão de resgatar um presidente, onde todos os seus sentimentos e percepções ficaram envolvidos pela satisfação de vitória, quando a missão foi cumprida.

    Lucas Ferreira, define a sua experiência como Patrulheiro na Selva. “A experiência que eu vivi nessa missão foi muito bom para minha vida, pois aprendi a dar mais valor a vida e a minha família. Aprendi também, que nunca devemos deixar o outro para trás, mas sempre está junto, pois a vida de uma pessoa vale mais do que os valores desse mundo. E que nunca devemos trocar ou vender a nossa vida pra os desejos carnais, mais entregar a nossa vida para o Senhor Jesus. Enfatizou o adolescente.

    Já a adolescente Mayara Cibelle, define com precisão e riqueza de detalhes a sua experiência em 8 horas de missão na Selva. “A experiência vivida, foi muito gratificante e surpreendente, de pensar que quase tudo que aprendi ao estar com vocês é algo que está presente no dia a dia, não foi apenas uma missão para salvar o presidente, mas sim parar salvar vidas, nossas vidas!” Confirma Mayara Cibelle.

    Eles tiveram como missão, resgatarem um presidente como já falamos e para tal, foi preciso usar todas as táticas das praticas de esporte militar, obedecendo às instruções de resgate sobre os olhares atentes dos experientes instrutores que orientavam e retrataram a importância de amar a si mesmo, a Deus, a família e a pátria.

    A dona Sibele Sandra, mãe de Pedro Henrique resume a participação de seu filho como transformadora em sua vida de adolescente e que impacta positivamente a família “Uma das melhores experiências do meu filho ele gostou demais foi muito bom teve isso muita disciplina e ele gostou muito sobre a parte espiritual de disciplina e eu gostei mais porque meu filho mudou totalmente quando chegou em casa foi tudo de bom para ele”. Exalta a mãe cheia de esperança. Assim confirma a adolescente Wemilly Pinto, filha da dona Jordilene Rodrigues, que passou 8 horas na selva, cumprindo uma missão árdua, mas gratificante para todos “Uma das melhores experiências que eu vivi no dia dessa missão for que posso contar com os meus amigos para tudo pude perceber que o valor de uma vida é maior que as coisas deste mundo também pude aprender a respeitar os meus pais que sempre me ajudam mais eu não dava valor pelo o que eles faziam e fazem por mim, mais nesse dia pude perceber o quanto eles significam pra mim obrigada aos meus amigos por não me abandonar obrigada pai e mãe por sempre estar comigo nos momentos mais difícil”. Relata a jovem.

    As experiências vividas pelos adolescentes e seis pais que puderam acompanhar tudo de perto, são inquestionáveis, são momentos que ficarão para sempre da vida desses adolescentes, uma contribuição para o fortalecimento familiar e comunitário que vem através das praticas esportivas militares e que impulsionam a nossa juventude a seguirem seus líderes, seus instrutores e darem rumos diferentes em suas vidas. A prova que a Área 51 está preparada para esse momento de receber a comunidade e instruir para o caminho do bem.

    A adolescente Alice Pinheiro, revela que o aprendizado foi essencial para a sua vida. “A minha experiência, em primeiro lugar foi, ajudar o meu próximo, ter amor ao meu próximo, ajudar em tudo que preciso, a minha experiência foi muito comovente a mim, porque ali aprender coisas que nunca tinha aprendido, ali comecei a ser uma nova pessoa. Essa foi a minha experiência”. Conclui Alice Pinheiro.

    Pablo Rabelo Gomes, define a sua vivência como salutar e com grande aprendizado, pois valorizar a vida e ajudar as pessoas e vivem em Cristo. “A experiência que eu tive naquele dia, é que agente tem que honrar mais nossos pais, nunca deixar nossos amigos para trás, também nunca trocar as pessoas que amamos por objetos e coisas momentâneas, e também a ser responsável e levar mais almas para Cristo”! Confirma Pablo Rabelo Gomes.

    Foi emocionante para os pais e a equipe altamente técnica e experiente da Área 51 ver a emoção dos adolescentes ao chegarem à base com o presidente e eles se reconhecerem como vencedores, pois foram quase 8 horas de missão com muita pressão e trabalho em equipe. Os 16 adolescentes conseguiram mostrar para todos e para si mesmo que na vida é preciso esforço, coragem, fé, foco, acreditar em Deus e sempre estarem aprendendo, estudando, e que ninguém é altamente suficiente.

    DEPOIMENTOS.



    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!