Logo
  • Comando do 25º BPM pede a implantação do Projeto de Patrulhamento Fluvial nas ilhas de Cururupu.

    Victor Farma - Conheça nossa história em nosso Instagram

    Ao longos dos anos a população praiana de Cururupu sofre com a falta de um policiamento ostensivo mais presente, associada a esta necessidade os marqueteiros políticos sempre usaram tal realidade como ferramente de indução e persuasão política, mas o comando do 25º BPM está colocando fim nesta triste realidade, pois o comandante já colocou à disposição do Comando de Policiamento de Área do Interior 5, o projeto de implementação do patrulhamento fluvial nas ilhas de Cururupu.

    Pois a polícia Militar tem realizado um trabalho mais próximo das comunidades tanto praiana como rural, e facilitar o acompanhamento das infrações e poder desenvolver estratégias saldáveis de segurança para a população, mediante tais fatos o Comando do 25º BPM idealizou o 2º Ten. Jhones Batista de Oliveira, elaborou o projeto que tem por finalidade instituir o policiamento embarcado nas 17 (dezessete) ilhas que compõe o Arquipélago de Maiaú e das unidades de conservação Resex, que faz parte da Reserva Extrativista de Cururupu e das reentrâncias maranhenses.

    Dessas ilhas, destacam-se as ilhas de Caçacueira e Guajeritíua como as mais populosas, e as ilhas dos Lençóis e Bate Vento como as de maiores potenciais turísticos da região.

    ULTRAGAZ CURURUPU

    ULTRAGAZ CURURUPU

    Na descrição do projeto há previsão da aquisição pelo poder público, de 01 (uma) lancha modelo 32 CAB e 01 (um) motor de popa de 225 a 400hp, jogos de cintas de catracas de amarração e engate de reboque veicular.

    O projeto oferece como sugestão para os custos de implementação dessa modalidade de policiamento, verbas oriundas do Fundo Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, instituído pela Lei nº 11.139/19.

    O projeto segue agora para análise junto ao alto Comando da PMMA e Secretaria de Segurança Pública. Segundo o Comandante do 25º BPM, a implementação do policiamento fluvial é importante aliado no combate à entrada e fluxo de drogas e outros ilícitos na região.

    Ainda segundo o Comandante do 25º BPM, o fenômeno da macrocefalia urbana tem favorecido o processo de deslocamento de populações para locais antes pouco habitados, visto que essas populações tem buscado alternativas para moradia e desenvolvimento de suas atividades. Com o crescimento da violência e diversas práticas de ilícitos, faz-se necessário uma atuação contínua da polícia ostensiva junto as comunidades ribeirinhas.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!