Logo
  • Em Cururupu, a polícia civil do Maranhão cumpre mandatos de prisão temporária e buscar e apreensão.

    Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

    25° BPM de Cururupu-MA colabora com Mega Operação da 21ª Delegacia Regional que culminou com 9 prisões e cumprimentos de mandados.

    ÓTICA PROVISA CURURUPU - Rua Getúlio Vargas Nº 03 Centro Fone: 984966011

    AGENDE A SUA CONSULTA NA ÓTICA PROVISA CURURUPU - Rua Getúlio Vargas Nº 03 Centro Fone: 984966011

    A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio do *1º Distrito de Cururupu* em conjunto com a *21ª Delegacia Regional de Cururupu/MA*, na manhã de hoje (24/02/2021), deflagrou no Município de Cururupu a operação *“TREM BALA”* dando cumprimento 06 (seis) mandados de prisão temporária e 16 (dezesseis) mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da comarca de Cururupu, após representação da autoridade policial.

    A operação contou com apoio operacional da Delegacia Especial da Mulher de Cururupu, das delegacias de Bacuri, Guimarães e Mirinzal, bem como da Delegacia Regional de Pinheiro, Delegacia Regional de Zé Doca, do 25º Batalhão da Polícia Militar de Cururupu e da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar de Mirinzal.

    A operação visou desarticular associações criminosas especializadas na prática do crime de tráfico de drogas que atuam na região da baixada maranhense, especificamente na cidade de Cururupu. Além do crime de tráfico, as organizações vinham sendo responsáveis por homicídios, lesões corporais e torturas que vinham vitimando a sociedade Cururupuense.

    Na oportunidade foram presos 09 (nove) autores de crimes dessa natureza.

    Os investigados J.P.S, conhecido como JODECA e V.C.V, conhecido como VINÍCIUS foram autuados em flagrante pela prática dos crimes de posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, bem como foi dado cumprimento a mandado de prisão temporária expedido pela vara única da comarca de Cururupu pelos crimes de associação para o tráfico e associação criminosa armada.

    O investigado R.G, conhecido como JÚNIOR, foi autuado em flagrante pela prática dos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e receptação, bem como foi dado cumprimento a mandado de prisão temporária expedido pela vara única da comarca de Cururupu pelos crimes de associação para o tráfico e associação criminosa armada;

    Os investigados J.G.L, conhecido como JEAN, e J.G.P foram autuados em flagrante pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

    M.T.S, conhecido como LOW, foi autuado em flagrante pela prática dos crimes de associação para o tráfico de drogas e associação criminosa armada.

    Também foi dado cumprimento ao mandado de prisão temporária pela prática dos crimes de associação criminosa armada e associação para o tráfico em desfavor de E.B.F, conhecido como VANUSA e B.S.

    Por fim, foi cumprido mandado de prisão definitiva em desfavor do indivíduo A.G.A, que estava foragido do Estado do Pará, sendo também suspeito da prática do crime de roubo com emprego de arma de fogo de uso restrito na cidade de Bacuri.

    No total, foram apreendidos aproximadamente 01 (um) tablete de cocaína prensada, 56 (cinquenta e seis) porções pequenas de cocaína embaladas para comercialização, 126 (cento e vinte e seis) porções médias de crack, 03 (três) tabletes de maconha prensada, 159 (cento e cinquenta e nove) papelotes/porções pequenas de maconha; aproximadamente R$10.000,00 reais em espécie, 02 (dois) revólveres calibre 38 com 16 munições intactas, 01 (uma) pistola calibre 380 e 15 munições intactas, 02 (dois) rádios comunicadores e 11 (onze) pacotes de cigarro da marca Might de comercialização proibida no Brasil.

    As investigações seguem no intuito de localizar os demais coautores.



    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!