Logo
  • GCM apreende quase uma tonelada de juçara impróprio para consumo em Serrano do Maranhão.

    Victor Farma - Conheça nossa história em nosso Instagram

    Várias sacas de juçara são apreendidas em Serrano do Maranhão.

    Em Serrano do Maranhão, a Guarda Civil Municipal – GCM, fez uma grande apreensão de juçara que foi extraída para revenda na região do litoral, segundo os guardas os frutos estão verdes ainda.

    ULTRAGAZ CURURUPU

    ULTRAGAZ CURURUPU

    De acordo com os GCM`s, a extração do açaí (juçara) está proibida em todo o território Serranense, após um decreto publicado pela prefeita Val Cunha.


    Mas pessoas aparentemente desorientadas, fizeram a extração da juçara e tentavam comercializar os frutos em toda a região, pelo menos cinco sacas de juçara que ainda não estava em condições adequadas para extração, ou seja, amadurecidos foram extraídas. Segundo a fiscalização, mais de meia tonelada de juçara seria colocada nas amaçadeiras e as pessoas poderiam consumir um produto de péssima qualidade, onde poderiam ser acometidas de sérios problemas intestinais. Levando em consideração o preço da juçara vendido nas amaçadeiras o consumidor final só teria prejuízos.

    Toda a juçara apreendida foi repassada a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, onde prontamente foram recebida pelo Secretário do Meio Ambiente, o senhor Zeca Diniz, que por sua vez repassará para o CRAS, preparar a parte boa, para ser entregue as pessoas carentes da cidade de Serrano.

    A ordem é o cumprimento do decreto e a manutenção da fiscalização em todo o território do município, pois ao longo dos anos o furto e ou roubo de juçara nas comunidades de Serrano do Maranhão, vem atormentando ou tirando o sono dos produtores. Mas desta vez, a fiscalização está mais rígida e promete coibir na prática a extração irregulares de juçara tanto na sede quanto nas comunidades de Serrano.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!