Logo

JUSTIÇA – CASO PAULINHO | Após interrogatório homem conduzido como suspeito de assassinar agente de trânsito é liberado.

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Foto Reprodução
Ainda repercute na cidade de Cururupu o brutal assassinado que deixou a população assustada na noite da última sexta-feira (31). A vítima do cruel assassinato é o agente de trânsito Paulo Roberto Soares Alves, mais conhecido pelo apelido de “Paulinho”, de 36 anos. 
A policia Militar de Cururupu teria conduzido na manhã do sábado (01/06), um suspeito de ter cometido o homicídio, um lavrador de 36 anos. 
O suspeito que foi conduzido pela policia militar até a Delegacia Regional de Cururupu prestou esclarecimento e foi liberado em seguida por falta de provas que pudesse justificar sua prisão.
A Polícia Militar de Cururupu teria conduzido o suspeito até a Delegacia após relatos de populares, o conduzido foi liberado após prestar esclarecimentos ao delegado plantonista Dr. Damasceno na Delegacia Regional de Policia Civil de Cururupu.
Paulo Roberto ou Paulinho, era uma pessoas legal, amiga e queria sempre o melhor para sua equipe de trabalho, ao longo dos últimos anos vinha defendendo os agentes de transito da cidade e cobrava das autoridades as referidas melhorias. Hoje os amigos, familiares e conhecidos se despediram de Paulinho, durante cerimônia de sepultamento no cemitério São Pedro.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!