Logo
  • Morre o bancário, Maron Jorge, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, na capital São Luís.

    Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

    A informação do falecimento do bancário Maron Jorge, foi feita pelo seu filho, o senhor Leonardo, em um grupo de rede social.

    ÓTICA PROVISA CURURUPU - Rua Getúlio Vargas Nº 03 Centro Fone: 984966011

    AGENDE A SUA CONSULTA NA ÓTICA PROVISA CURURUPU - Rua Getúlio Vargas Nº 03 Centro Fone: 984966011

    A notícia da morte de Maron Jorge, pegou muitas pessoas de surpresa, pois ele vinha travando uma árdua luta há mais de 3 anos doente.

    Posto Guará

    Maron faleceu, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, os médicos fizeram a testagem de sorologia semana passada e deu positivo pra covid-19. Leonardo afirma que mesmo isso não tendo sido a causa da morte, os médicos tiveram que relatar na declaração de óbito e por esse motivo o funeral aconteceu de forma rápida logo pela manhã desta quarta-feira, dia 03 de fevereiro.

    Milhares de cururupuenses e pessoas da região lamentaram nas redes sociais a morte de Maron, assim como amigos, colegas de trabalho e os amantes do carnaval de Cururupu.

    Como bancários do Banco do Brasil ele era duro muitas vezes, mas era amigo e gostava de ser extrovertido em seu local de trabalho, assim como na vida. Já no período do carnaval tinha as suas tradicionais irreverencias, e sempre pintava as longas barbas.

    Nota,

    Senhores, aos poucos que restaram nesse grupo, quero informar que infelizmente papai não resistiu à árdua luta que vem travando há 3 anos. Há pouco ele teve uma parada cardiorrespiratória e nos deixou. Lamento informar também que não haverá velório, pois ele fez um teste de sorologia semana passada e deu positivo pra covid-19, e mesmo isso não tendo sido a causa da morte, os médicos tiveram que relatar na declaração de óbito e por esse motivo o funeral acontecerá de forma rápida logo pela manhã.

    Mensagem do Leonardo, filho do Maron Jorge.

    Escolhi essa foto, porque tu sempre falava que quando chegasse o teu dia, tu não queria tristeza, mas não ficar triste com a tua partida, é impossível. Em dezembro de 2019 foi o meu último contato contigo, eu e Sioney Carlos Campelo Fonseca e na oportunidade, você, com a voz um pouco embargada, falou que amava a gente, e nós retribuímos essas palavras, e é isso que me conforta! Conversamos, brincamos, e nos abraçamos fortemente. Hoje, você partiu, deixando o seu legado, foram 35 anos de dedicação ao BB. Maron Jorge, homem de um coração enorme, que acolhia a todos… Tua missão aqui na terra acabou, mas vai continuar lá no céu, vou usar as palavras da minha amiga

    Marcia Silva, alegra o céu, Maron! Alegra o céu!


    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!