Logo
  • TUDO EM CASA: Prefeitura quer trocar área de 1,7 milhões e ainda quer crédito de 600 mil.

    Victor Farma - Conheça nossa história em nosso Instagram

    Habilidade política e praticidade, esses são os termos usados pela classe política para descrever o que esta acontecendo em Cururupu, nesta quarta-feira (30). Em maio ao projeto encaminhado a Câmara pedindo a autorização para utilização dos recursos para pagamento dos profissionais da área da enfermagem. Nas últimas 24 horas a gestão da prefeitura de Cururupu aproveitou e encaminhou mais dois projeto para serem votados no susto.

    O prefeito Aldo Lopes (PSB), está pedindo a Câmara de Vereadores de Cururupu, a autorização para fazer permuta de um terreno pertencente a prefeitura de Cururupu, ou seja trocar uma área publica super desejada, avaliada em 1.100,00 milhão e cem mil reais, localizado no bairro do Jacaré, conhecida como antigo aeroporto.

    Com a área do senhor Sérgio David Diniz Oliveira (onde é popularmente conhecido como aeroporto do Serginho do Avião), avaliado em 1.700,00 milhão e setecentos mil reais, localizado na Ponta da Areia.

    ULTRAGAZ CURURUPU

    ULTRAGAZ CURURUPU

    Para tal, os vereadores tem que votarem a favor ou contra e autorizarem a considerada inconstitucionalidade por maioria dos parlamentares, mas tudo indica que o projeto passa. Mas cabe aos vereadores pedirem vista e ao relator da comissão de constituição e justiça – Adaildo Borges – PSB, mesmo partido do prefeito e do presidente da Câmara apresentar as justificativas. Lembrando que hoje as repartições publicas da prefeitura não funcionam, exceto os serviços de saúde.

    Como as contas não fecham, o saldo restante da troca, ou seja os 600 mil reais para completar os 1.700,00 reais, a prefeitura está pedindo a Câmara que aprove em caráter de urgência o projeto, e o governo Aldo Lopes está pedindo também a autorização da Câmara Municipal abertura de credito adicional especial e suplementar se possível.

    De acordo com o projeto, para pagar o restante a prefeitura vai usar recursos das seguintes secretarias:

    Fundo Municipal de Esporte e Juventude – 145.800,75

    Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia – 121.550,63

    Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia – Manut. do Pol. Desenvolvimento do Turismo – 72.930,38

    Outros Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica – 153.869,94

    Manutenção do Gabinete do prefeito – Contratação por tempo determinado – 105.848,30

    Que juntos somaram a bagatela de 600 mil reais e que serão pagos ao proprietário do terreno em 12 parcelas de 50.00,00 mil reais.

    Cabe aos vereadores frear a considerada inconstitucionalidade, pelo visto as área propagadas pelas autoridade sentido a comunidade quilombola de Aliança, foram muito caras e a melhor saída foi trocar um terreno sem auto valor comercial por um com auto valor comercial, os populares estão chocados. Mas os projeto deve ser aprovado, pois o governo têm maioria na câmara.

    Estácio Pólo Cururupu

    Estácio Pólo Cururupu

    Mas cabe a pergunta! Será que os vereadores vão aprovar tal situação, o município está em crise, tem tantas outras áreas e fazer uma compra miliária, onde não se têm recursos para fazer o básico? Cabe aos vereadores.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!