Logo

Esporte: Em luta de veteranos, o Potiguar “Carlinhos” volta aos ringues em grande estilo em competição no Maranhão

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Cláudio Mendes
Data da Publicação: 03 de abril de 2019
Fonte: Redação com Informações de Mardril Santiago do Cacuruto Louco

Foto: “Carlinhos” (azul) – Reprodução/Rede Social
No último dia 30 de março, em São Luis, Capital Maranhense, aconteceu a III Copa Mario Cardoso de Boxe Olímpico, considerado um dos maiores eventos esportivos do estado e que teve um total de 20 lutas e 05 cinturões em jogo.
Na competição, uma luta, em especial, chamou atenção do público, considerada a “Luta dos Veteranos”, reuniu o encontro do Potiguar, José Carlos – “Carlinhos”, da Thai Brothers (RN/PB/MA) x Otávio Leão, da Equipe Leão Team/MA, na categoria 80 kg, duas lendas da modalidade. 
Mais que uma luta, o evento serviu para que os dois atletas na verdade, além de darem um espetáculo de técnica com muitos jabs, diretos, esquivas, cruzados e muito mais, também, serviu para que se reencontrassem com o ringue, pois, ambos, há muito não lutavam.
Potiguar de coração, com passagem pela Paraíba, o lutador José Carlos -“Carlinhos”, hoje erradicado no município de Cururupu/MA, cidade distante 465 km da Capital São Luis, onde exerce a atividade de instrutor de artes macias, em uma luta que mostrou muita desenvoltura dos atletas veteranos, o Potiguar levou a melhor em cima de Otávio Leão, considerado um dos maiores nome do boxe, vencendo por nocante aos 1 minuto e 50 segundos, ainda no primeiro round.
Para “Carlinhos”, essa foi sua última luta, segundo o atleta, aos 42 anos, é hora de parar e preparar esses jovens e crianças para não serem só atletas, mas, sim, homens e mulheres de bem, surgindo novas promessas no boxe e Muay Thai.
Para corroborar com a declaração do Potiguar, ao passo em que mesmo participava como atleta na competição, ainda, se desdobrava como técnico do atleta Gustavo Smith, seu aluno, que também venceu sua luta e já acumula a segunda vitória consecutiva no boxe, insurgindo aí uma nova promessa em sua equipe.
Foto: “Carlinhos” e seu pupilo Gustavo Smith – Reprodução/Rede Social
Com a vitória do Potiguar “Carlinhos”, apenas demonstra que técnica não tem idade e que nunca é tarde para dar continuidades aos sonhos e superar os seus limites, mais do que isso, quem é agradece é o próprio Boxe, modalidade, que segundo a Revista eletrônica InfoEscola, surgiu no Egito a aproximadamente 3000 a.C. e que se manteve por milênios, até chegar nas Olimpíadas durante o século VII a.C e até hoje continua encantando povos no mundo todo.

Posto Guará



0 Comentários

Deixe o seu comentário!