Logo

Fiscalização faz apreensão de dezenas de quilos de camarão em Cururupu.

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Claudio Mendes
Data da Publicação: 19 de fevereiro de 2019
Fonte: Redação


Na última quinta-feira (14), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBIO , em conjunto com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), 25° Batalhão de Polícia Militar e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, fizeram uma fiscalização no Mercado Municipal e na rua do Pinche o segundo centro comercial de Cururupu, afim de coibir a comercialização do Mero, onde a captura, o transporte e a comercialização deste peixe está proibido até 2023 por estar ameaçado de extinção, e do camarão, proibido até 31 de maio de 2019, conforme portaria interministerial 75 de 20/12/2017. 

Durante a operação não foi flagrado ninguém comercializando o peixe mero. Com relação ao camarão foram feitas apreensões tanto no pinche quanto no mercado, ao todo foram apreendidos 29 kg de camarão, e foram doados na reserva quilombo Frechal

A equipe de fiscalização disse que “Esta é mais uma operação de rotina do ICMBIO, já que estamos em pleno defeso do camarão e o Mero por ser proibido, pois encontra-se ameaçado de extinção”. 

O Major Marcio disse que 25° BPM deu apoio a polícia ambiental que deu início a missão de combate a pesca predatória do peixe mero que está em extinção,  e o camarão que está proibida a pesca no período inicial de 01 de janeiro a 31 de maio de 2019.
Diante disso, foram apreendidos aproximadamente 30 kg, de camarão. E que por parte do policiamento não foi identificado a comercialização do peixe mero. Contudo, a missão teve o objetivo fiscalizatório na região do litoral ocidental.
A ação foi coordenada pelos fiscais ICMBIO Alexandre e Paulo em ação conjunta com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), 25° Batalhão de Polícia Militar e secretaria de Meio Ambiente.

Posto Guará



0 Comentários

Deixe o seu comentário!