Logo

Maré de Sizígia invade ruas e casas no município de Cururupu.

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Cláudio Mendes
Data da Publicação: 21 de março de 2019.
Fonte: Redação Com Informações do Portal Icururupu
Praça Aquiles Lisboa centro de Cururupu (Foto: Reprodução / Rede Social)
CURURUPU – A água do mar invadiu nesta quinta-feira (21) ruas na sede do município de Cururupu, o mesmo fenômeno foi percebido e invadiu casas e ruas nas Ilhas do município. A maré alta cobriu a rampa do Porto São João, o qual fica localizado ao lado da Praça Aquiles Lisboa, centro da cidade, subiu calçadas no trecho do porto e invadiu casas próximas ao Atracadouro Hidroviário Flutuante de Cururupu. Estaleiros próximos ao porto tiveram maquinhas submersas. 
O fenômeno aconteceu em virtude da superlua que é quando a lua e o sol estão alinhados no mesmo plano exercendo uma força gravitacional maior, que provoca a super maré, também conhecida como maré de sizígia. A população das regiões atingidas precisam ficar em alerta, pois é possível que o fenômeno se volte com mais força nesta quinta-feira (21). 
Ilha de Guajerutiua nesta quarta (20) Fenômeno Maré de Sizígia (Foto: Reprodução / Rede Social
As ilhas do município também foram fortemente atingidas, fotos de internautas enviadas ao ICURURUPU demonstram a situação. Segundo relatos dos moradores das ilhas de Caçacueira, Lençóis, São Lucas, Peru e Guajerutiua é que muitas tiveram ruas cobertas pela água, algumas casas foram invadidas pela maré. Pescadores mais experientes da região relatam que seguramente essa foi a maior maré dos últimos 40 anos. Vários populares foram vistos acompanhando o fenômeno no inicio da noite no Porto São João, registrando bem de perto a beleza e a força com que a natureza se apresenta. Nesta quinta-feira, dia 21, a previsão são de marés mais altas, a parti das 6h da manhã e às 18h.
Ilha de Prainha, litoral de Cururupu (Foto: Reprodução / Rede Social)
O município de Cururupu foi um dos mais afetados com a maré de sizígia. Entre os locais mais afetados em Cururupu está a Praça Aquiles Lisboa, pois o local fica situada na parte mais baixa do município, onde a maré sobe com mais intensidade.
A superlua aconteceu na noite de quarta-feira (20) por volta das 22h43. A maré de sizígia ocorre várias vezes no ano e ela se intensifica quando há o fenômeno da superlua.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!