Logo

Promotor Francisco de Assis deixa comarca de Cururupu

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Claudio Mendes
Data da Publicação: 15 de agosto de 2018
Fonte: Redação com Informações de Johelton Gomes (CCOM-MPMA)

Promoções e remoções foram aprovadas pelo Conselho Superior 

Conselho Superior aprova promoções e remoções no MPMA.

Posto Guará
Em sessão do Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Maranhão, realizada na manhã da quinta-feira, 9, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em São Luís, foram aprovadas quatro promoções e três remoções na carreira dos membros da instituição.
Na entrância intermediária, o promotor de justiça Carlos Augusto Soares foi promovido, pelo critério de merecimento, da comarca de São Mateus para Codó. O promotor de justiça Nelson Nedes Ribeiro Guimarães foi promovido, por antiguidade, para a comarca de Timon. Pelo critério de merecimento, a promotora de justiça Cristiane dos Santos Donatini foi promovida de São Luís Gonzaga para Açailândia.
A promotora de justiça Eveline Barros Malheiros foi promovida, por antiguidade, para a comarca da Ilha de São Luís.
A movimentação na carreira, por remoção, contemplou o promotor de justiça Francisco de Assis Silva Filho, que deixa a comarca de Cururupu e vai atuar em Barreirinhas, de entrância intermediária. Na entrância inicial, o promotor de justiça Júlio Aderson Borralho Magalhães Segundo deixou a comarca de Matinha e foi removido para Guimarães; e o promotor de justiça Raphaell Bruno Aragão Pereira de Oliveira sai de São Bernardo para trabalhar em Buriti.
O Promotor Francisco de Assis

Francisco de Assis foi responsável, por varias ações civil publicas com resultados positivos, fez várias reintegrações de posse sem agravantes, e cobrou do judiciário, medidas preventivas e punitivas quando foram necessárias.
Vale destacar que Francisco tem travado varias lutas com o executivo municipal ao longo dos anos que trabalha na promotoria de Cururupu. Notório que muitas autoridades e populares não gostam da permanência do mesmo na comarca, fato, que é ignorado por outra parte da população que o considera um promotor atuante e humanizado.
Foto, é que Francisco deixará a comarca de Cururupu todo um legado que poderá refletir nas ações desenvolvidas pelo seu substituto.
Ainda não conseguimos manter contato, com o Promotor Francisco de Assis.




1 Comentário

  1. Graças a Deus, obrigado Senhor.

Deixe o seu comentário!

Cancelar Resposta

%d blogueiros gostam disto: