Logo

Juiz Douglas Lima da Comarca de Cururupu vence em duas categorias a Medalha Madalena Serejo da AMMA.

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Claudio Mendes
Data da Publicação: 15 de dezembro de 2018
Fonte: Redação
Douglas Lima da Guia
O juiz Douglas Lima da Guia, foi o grande vencedor da Medalha Desembargadora Madalena Serejo do ano de 2018, nas categorias Melhores Práticas do Judiciário maranhense com projeto “Justiça Itinerante”, e juiz mais produtivo da entrância inicial. O magistrado ganhou as medalhas em dois anos consecutivos. 
Cinco projetos concorrem à Medalha Desembargadora Madalena Serejo 2018 na categoria ‘Melhores Práticas’. O nome do magistrado vencedor foi conhecido na noite desta sexta-feira dia 14 de dezembro, no Salão de Eventos do Complexo Social, Esportivo e Administrativo da Associação dos Magistrados do MA, no Calhau.
Os projetos concorrentes foram: “Justiça Itinerante”, do juiz Douglas da Guia; o grande vencedor deixando para trás fortes projetos como “Judiciário na Escola: Doe livros e construa nosso futuro”, do juiz Raphael Leite Guedes; “Imóvel Legal: Pacificação Social e Dignidade”, da juíza Ticiany Gedeon Palácio; “Reestruturação do Fundo Especial de Modernização e Reaparelhamento do Judiciário”, do juiz Cristiano Simas; e “Redução de Impactos da Justiça Criminal de Caxias”, de Anderson Sobral e Paulo Afonso Vieira Gomes.

O juiz Douglas Lima, também foi vencedor na categoria Juiz mais produtivo da entrância inicial. A exemplo dos anos anteriores, uma grande festa marcou a entrega da Medalha Desembargadora Madalena Serejo aos magistrados que se destacaram no ano de 2018. Além da categoria Melhores Práticas, também foram premiados juízes na categoria Presteza Jurisdicional e homenageados magistrados que tiveram atuação de destaque em prol da Magistratura maranhense.
Douglas Lima da Guia durante discurso.
A Medalha Madalena Serejo objetiva identificar, disseminar e reconhecer a presteza na atividade jurisdicional, assim como as práticas bem-sucedidas da Justiça maranhense que estejam contribuindo ou contribuíram para sua modernização, rapidez e eficiência.

Douglas agradeceu a todos os seus colaboradores da comarca de Cururupu. Compartilho com os amigos que recebi ainda pouco, por duas vezes, a Medalha Madalena Serejo, da Associação dos Magistrados, pelo reconhecimento do projeto justiça itinerante como melhor pratica de 2018 e também como Juiz mais produtivo da entrância inicial, esta também pelo segundo ano consecutivo. Agradeço a Deus e a todos que comigo concretizam esse digno trabalho de levar a justiça e a cidadania aos que precisam! Disse o juiz.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!