Logo

Para garantir salários atrasados, servidores anunciam que farão mobilização em Serrano nesta sexta-feira (18)

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Claudio Mendes
Data da Publicação: 14 de janeiro de 2019
Fonte: Redação

Prefeitura de Serrano do Maranhão
Os servidores públicos do município de Serrano do Maranhão, até agora não receberam seus vencimentos do mês de dezembro de 2018. Segundo as informações do Sindicato que defende a categoria tinha funcionário que estava com dois meses em atraso, mas receberam no ultimo dia 10 de janeiro referente a novembro de 2018.



Os representantes sindicais afirmam, que no dia 12 de dezembro, a diretoria do Sindicato dos Professores e Demais Servidores Públicos do Município de Serrano Maranhão – SINPRODESMA, estiveram em audiência no fórum da comarca de Cururupu, de onde Serrano é termo judiciário, com o prefeito de Serrano, o senhor Jonhson Medeiro Rodrigues, o Maguila (PSB), o juiz Douglas Lima e o promotor Denys Lima Rego, para tratar sobre os salários em atraso dos meses de novembro e dezembro dos servidores de Serrano.



Na audiência ficou definido e com a adesão de todos os presentes, que no dia 28 de dezembro, a prefeitura pagaria o mês de novembro e no dia 10 de janeiro de 2019, pagaria o mês de dezembro de 2018. As nossas fontes apuram que em meio ao impasse e falta de informações, já foi protocolado um pedido de bloqueio pelo sindicato, e o juiz Douglas Lima, já mandou intimar a gestão, para apresentar os extratos das contas do município no prazo de 72 horas.

Oficio encaminhado ao prefeito Maguila
A presidente do Sindicato dos Professores e Demais Servidores de Serrano, Maria Nazaré Oliveira Silva, informou ao nosso blog, que o acordo não foi cumprido, e que a entidade já oficializou o gestor, para que apresente uma data fixa de pagamento dos servidores, caso contrário, no dia 18 de janeiro haverá uma mobilização de advertência, e poderá haver uma paralisação geral na segunda semana do ano letivo.


“No dia 11 de janeiro eu enviei um ofício para o prefeito, para administração e para a educação, dizendo que se ele não se pronunciar com uma data fixa de pagamento a gente vai fazer uma mobilização dia 18 e uma possível greve geral na segunda semana do ano letivo”. Destacou a presidente.


Os representantes sindicais garantem que não foi cumprido o acordo e nem houve justificativa por parte da administração.


“Na verdade tudo que ele disse no dia 12 na frente do juiz e do promotor não foi cumprido, dia 11 o que estava na conta foi o restante do dinheiro da educação, referente aos pagamentos dos servidores que compreendem as letras de R à Z, tudo que a gente contestou, é que nós não queremos mais receber por letra”. Finalizou a presidente.

Posto Guará


Entramos em contato com a prefeitura de Serrano do Maranhão, mas até o fechamento desta edição não obtivemos respostas. Então, fica aberto o espaço para manifestação da prefeitura.   


Auto Posto Piedade Semana da Patria



0 Comentários

Deixe o seu comentário!