Logo

Parceria prefeitura e Sebrae leva o cururupuense Deidson Nonato, para 31ª Feira Nacional do Artesanato em Belo Horizonte.

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

A 31ª edição da Feira Nacional de Artesanato, considerado o maior evento de artesanato da América Latina, que será realizada em Belo Horizonte entre os dias 1º e 6 de dezembro. A expectativa é total para este que vai ser o primeiro grande evento presencial em uma capital e envolvendo artesãos de todo o país, após a retomada das atividades do setor.

A parceria entre Prefeitura de Cururupu e o SEBRAE eleva o artesanato Cururupu a outro nível de comercialização. Após realização de várias oficinas com artesãos e consultores do SEBRAE o artesanato local ganhou uma nova roupagem, tornando-se “único e com DNA cururupuense”.

Posto Guará

Desta parceria entre a prefeitura de Cururupu e o Sebrae, o representante do município o artesão, Deydson Nonato Lemos, já está na capital mineira, para participar do evento que começa dia 1º e vai até o dia 06 de dezembro. O evento seguirá o protocolo de segurança contra a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19).

A produção artesanal é constituída de peças de referência cultural, onde podem ser destacadas a tipologia de cestarias com fibras vegetais de guarimã e Tucum utilizados na manufatura de produtos diversos como vasos, balaios, descansos de panelas, sousplat, etc. Com especial destaque para os roupeiros em miniaturas alusivos ao folguedo de Bumba-meu-boi, originalmente confeccionados e utilizados para transporte das indumentárias dos brincantes.

Outra tipologia de destaque, se refere a montagem do delicado e detalhado trabalho de confecção de miniaturas dos personagens da brincadeira de Bumba-meu-boi sotaques de “Boi de Pandeiro (Boi Costa de Mão)” e “Zabumba” característicos da região de Cururupu/MA tendo como referencial a obra do Mestre Artesão Antonio Bruno Pinto Nogueira, popularmente conhecido como Nhozinho. Nesse contexto destacam-se as miniaturas dos vaqueiros, tocador de pandeiro e tambor onça, tapuias, boi, etc.

Os artesãos já puderam participar de vários eventos importantes como “Salão do Turismo Rota das Emoções em Parnaiba/PI ” “RURALTUR – Feira de Turismo Rural” e já se preparam para mais um novo evento fora do Estado a 31ª FEIRA DE ARTESANATO NACIONAL ROTAS DO BRASIL em Belo Horizonte/ MG que vai de 01 a 06 de Dezembro.

Além do representante da cidade de Cururupu, também representam a o estado um de Barreirinhas, um de Santa Inês, um de Pindaré Mirim e São Luis.

De a cordo como os organizadores serão seis dias de feira, que mais uma vez vai ocupar os pavilhões do Expominas, localizado na região oeste de BH, e cerca de 2 mil expositores, divididos em 600 stands. Os visitantes terão a oportunidade de conhecer a diversidade que caracteriza o artesanato brasileiro e adquirir peças únicas. Poderão ainda participar de oficinas gratuitas, cursos e palestras de capacitação para artesãos e visitantes.

O evento vai obedecer a um rígido protocolo sanitário, definido em parceria com a prefeitura de Belo Horizonte, reforçando ainda mais a prioridade da direção de garantir total segurança a todos os visitantes e artesãos presentes.

A Feira Nacional de Artesanato é uma realização do Instituto Centro de Capacitação e Apoio ao Empreendedor (Centro Cape), ONG promotora do evento e braço do Mãos de Minas, que é a maior central de cooperativas de artesãos do Estado, e vem retratando a riqueza e a evolução do artesanato brasileiro, valorizando histórias de dedicação e luta de centenas de artistas que buscam manter vivas culturas tradicionais de Minas e do país.

São pessoas que em viagens vão atrás de uma boa gastronomia e querem levar para casa uma lembrança através de um artesanato local.

Com o tema “O Brasil não conhece o Brasil!” Esta é uma grande verdade. Não por falta de interesse do brasileiro, mas pela grandiosidade de nosso país.

E a Feira Nacional de Artesanato, vem justamente nesta tentativa durante seis dias, levar um pouco de conhecimento aos mais de 140.000 visitantes do que existe de melhor e mais interessante em nosso país. Serão sabores, produtos e informações sobre a potencialidade de nosso território.




0 Comentários

Deixe o seu comentário!