Logo

SAUDADE: Um ano sem o jogador Jhon Castro o “Neymar da Baixada”.

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

No último dia 04 de outubro de 2020, completou um ano da morte do ídolo do Filipinho e tantos outros clubes do Maranhão, o jogador de futebol amador Jhon Castro, popular Neymar da Baixada, que morreu na madrugada de uma sexta-feira (04), após um grave acidente em Serrano do Maranhão. O veículo no qual Jhon estava colidiu contra um poste na rodovia MA-308.

Mais conhecido como Jhon ou Jhon Castro, que ajudou nas conquistas de vários títulos de times como o Filipinho em Cururupu e tantos outros pelo Maranhão. Jhon Castro, perdeu a vida em um trágico acidente automobilístico na MA-308, entre os município de Cururupu e Serrano do Maranhão.

Posto Guará

Grandes conquistas e títulos eternizam o jogador Jhon Castro, na história de vários clube como do futebol maranhense, não resta dúvida ele foi um verdadeiro Neymar da Baixada. Jhon Castro, não se conteve em conquistar com seu futebol alegre e influenciador só a região, mas o Maranhão, consagrando como um dos ídolos do futebol local.

“Jhon Castro, comprova isto. O apicum-açuense não se limitou a região, marcou todos o estado, perpetuou por conquistar vários títulos, vivendo a cada um destes momentos, é porque encarou cada segundo de sua vida com a seriedade que só os grandes têm. Foi um Gigante, que sempre se doou ao máximo e mais um pouquinho”, Disse Jackson Urelha, membro do time do Filipinho

O técnico, Juca Balleia, do time do Filipinho, onde John atuava em Cururupu e foi campeão, lamenta a perca e afirma que a saudade e a tristeza são lembranças frequentes de dodos dos time.

“Situação ruim de se comentar, infelizmente não tem mais volta, e a tristeza ainda é visita frequente e ainda fala mais alta, mais do outro vem a lembrança do jogador extra ordinário, um craque que deixou seu legado e sua história, um jogador fora de sério, um pai, um amigo, um filho que vai sempre fazer falta”. Lamenta Juca Balleia.

Em 2020 o jogador foi homenageado pela prefeitura de Apicum-Açu, que tem como prefeito, Claudio Cunha, onde uma praça ao lado da rodoviária levou o nome do jovem atleta. A homenagem é justa, assim define o Radialista da Rádio Alvorada FM, Rejânio Cesar, apresentador do programa Show de Bola, que acompanhou e entrevistou o saudoso John Castro.

Jhon deixa um legado para toda a região, pois fez o encontro de grandes times e torcidas como Filipinho, Jacaré, Guarani, União de Brasília entre tantos outros, refletirem sobre a vida e em orações pelo atleta. Times de vários  municípios do estado e a imprensa o homenagearam, solidarizaram-se com seus amigos e familiares. E fica a lição, é preciso fortalecer o esporte amador, é preciso apoiar os adolescentes e jovens que buscam alternativas de vida nos esportes.




0 Comentários

Deixe o seu comentário!