Logo

Vários quilos de Mero é apreendido no centro de Cururupu

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Claudio Mendes
Data da Publicação: 31 de janeiro de 2019
Fonte: Redação



Foto do Pescado apreendido 
Cururupu: A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, recebeu denuncia de comercialização de pescado tipo Mero, na manhã desta quarta-feira (30), por volta das 9 horas da manhã. Após averiguações, e com apoio da Policia Militar foi feita a apreensão de vários quilos de Mero, que eram comercializados por um senhor que não teve o nome identificado, após a apreensão o produto foi levado para analise da Vigilância Sanitária e logo em seguida doado para algumas famílias da Vila União. O peixe Mero tem a comercialização proibida no Brasil. A Policia Militar informou que o proprietário da venda foi notificado pela secretaria de vigilância sanitária onde posteriormente serão tomadas as providências necessárias.
O senhor fez a venda do Mero nas proximidades do Centro de Abastecimento no bairro do Ceará, centro comercial de Cururupu, esse mesmo senhor é reincidente na venda do pescado. A Secretaria de Meio Ambiente afirmou que a equipe foi ate o local e fez a fiscalização. 



Posto Guará
A equipe da Secretaria de Meio Ambiente foi informada que estavam vendendo mero em frente o Mercado Municipal, e foi averiguar onde foi constatamos a veracidade. Ao conversar com o senhor que fazia a venda, o mesmo foi informado, que suspendesse a venda, já que se tratava de um produto proibido por lei, o vendedor argumentou que sabia da proibição e que não era dono do produto, que iria entrar em contato com o proprietário e que a equipe se entendesse com ele quando voltasse, pois, o mesmo, estava para Apicun-Açu.



Auto Posto Piedade Semana da Patria
A secretaria de Meio Ambiente informou que “Nessas alturas o mesmo já totalmente alterado dizendo que isso era perseguição e proferindo palavras de baixo-calão, disse ainda que não tínhamos autoridades para levar o produto e queria ver quem ia levar. Percebendo a exaltação do mesmo, chamamos uma viatura da polícia Militar que, de pronto nos atendeu, junto com os militares conduzimos o produto para a Vigilância Sanitária para se fazer a inspeção do Mero e saber se estava apto a ser comercializado e consequentemente ser doado, o que foi feito pela equipe de saúde e escolheram a comunidade humilde de Vila União, para ser doado, o que foi feito pela equipe”.



A pesca do mero (Epinephelus itajara), peixe ameaçado de extinção, continua proibida em todo o território nacional pelo menos durante os próximos oito anos. A decisão foi oficializada em outubro de 2015, por meio da Portaria Interministerial nº 13, de autoria dos Ministérios da Pesca e Aquicultura e do Meio Ambiente. Portanto, até o ano de 2023, está proibida a captura dessa espécie nas águas jurisdicionais brasileiras, bem como seu transporte, armazenamento, descaracterização, comercialização, beneficiamento e industrialização, diante disto a guarnição da ROCAM juntamente com a Vigilância Sanitária fizeram a apreensão de uma caixa de isopor com tamanho entre 100 a 120 litros que nela continha o referido pescado, a mercadoria irá ser doada nas comunidades mais carentes do município, e o proprietário da venda foi notificado pela secretaria de vigilância sanitária onde posteriormente serão tomadas as providências necessárias.







0 Comentários

Deixe o seu comentário!