Logo

Vereador Roberto Pestana se despede da Câmara de Cururupu.

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

A sessão da última terça-feira, dia (15, dezembro, 2020),  foi marcada pela despedida do vereador Roberto Pestana (DEM) do parlamento cururupuense. O vereador ocupou uma cadeira na Câmara nos últimos quatro anos e desenvolveu seu trabalho pautado nas cobranças reais da comunidade. A reunião ordinária foi transmitida pela pagina da Câmara Municipal de Cururupu no facebook.

Da tribuna, Roberto Pestana, agradeceu a oportunidade de contribuir com a sociedade cururupuense e solicitou empenho dos demais vereadores para a discussão de projetos importantes que tramitam na Casa Legislativa e que venham melhorar a vida das pessoas. Desejou boa sorte aos reeleito e eleitos que terão a missão de defender a população. Dos treze vereadores que compõem o parlamento, somente o vereador Bruno Passinho, não compareceu na sessão de encerramento dos trabalhos.

Posto Guará
Próximo de completar quatro anos como legislador, com várias indicações e requerimentos aprovados, Roberto Pestana, deixa a Câmara Municipal, por opinião própria, pois não quis concorrer as eleições de 2020. Eleito para o primeiro mandato pelo partido Democrático – DEM, nas eleições de 2016, ele assumiu o cargo em primeiro de janeiros de 2017. Com um discurso forte e eloquente pelo desenvolvimento da cidade no uso da Tribuna, Roberto mostrou estar preparado para representar a população, fato que aconteceu.
Mas teve que amargar algumas decisões incômodas até hoje perante a sociedade, pois no primeiro biênio 2017/2018, Roberto foi o primeiro secretário da câmara e mediante a não execução pelo poder público de algumas indicações, bem como requerimentos aprovados, na verdade descontentaram o parlamentar, situações que foram sendo agravadas ao longo dos anos, como a reprovação das contas do seu irmão, o ex-prefeito, Jose Francisco Pestana, além de fortes embates com aliados políticos no legislativo enquanto defendia os interesses da população, entre outros, marcaram a vida parlamentar de Roberto.
Roberto Pestana, despediu-se com um texto de reflexão, esclarecimentos e agradecimentos a população em uma rede social.
Nas redes sociais, os amigos de Roberto Pestana, destacaram a coragem e firmeza em tratar a política com muito respeito.

Paulo Henrique – “Parabéns, vereador pela coragem de deixar a função de legislador, quando está não fazia mais parte dos seus planos. Tenho certeza que o senhor buscou fazer o melhor, mas nem tudo depende da vontade da gente. Creio que Areia Branca foi bem representada pelo senhor”. Comentou mo professor Paulo Henrique.

Uma leitora, afirma: “Lígia Brito, Parabéns  Rô! É isso aí, a minha admiração e respeito por vc vão permanecer e a nossa Cururupu se sente honrada pelas suas atuações nos meios da educação, político e religioso. Vc é um cidadão que inspira muita gente. Valeu amigão!.

Em outro post, o leitor mostra uma visão mais apurada da representatividade de Pestana.

Nonato Cururupu, Caro, Roberto Jorge Pestana Jorge, o político que respeita seus eleitores sabe o que pode fazer de bem para o seus, e poucos como você o faz, as vezes queremos também galgar por este caminho para contribuir com propostas, no entanto a coragem e determinação não nos permite, devido os meandros que envolve todo o processo. Assim meu caro, foi magnífico sua coragem em adentrar para como você diz, “Pra ser sincero, não fiz nenhum projeto de vida política partidária com cargo, daí a justificativa de não ter vindo para a reeleição. Ao longo do exercício do meu mandato, a experiência foi boa e irá fazer parte do currículo da minha vida pública”, mais ainda pela eminente sinceridade em não se permitir ir para a reeleição, o que os demais políticos deveriam fazer, para não se tornarem eterno no e permitir que outros possam contribuir nessa atividade pública. BRAVO meu nobre”. Afirma o leitor.

Em uma mensagem o leitor considera que Roberto é corajoso e determinado.Carlos M Campelo Carvalho, Roberto Pestana, Amigo você tem o Respeito de todos os Cururupuenses, Vereador ainda 31/12/2020, sua coragem e determinação de superou todas as adversidades da vida. Parabéns meu Amigo! Palavras confirmadas por José Belém,  –  José Belém, Prezado Roberto. Quero te dar meus parabéns, pelo execução de teu projeto político. Você honrou o cargo, representou o cargo e como S. Paulo guardou a fé. Mas sei que continuaras a defender o povo em outro e qualquer cargo. Por isso Avante, ” A vida é combate/ que aos fracos abate/ aos fortes, aos bravos/Só faz exaltar.” Um abraço e um Natal feliz e um ano novo cheio de realizações!, comenta.

Quem comentou a publicação foi a professora Silvandira Jorge, que reforçou o comprometimento de Roberto com as pessoas e com a política.

Silvandira Jorge, Parabéns meu amigo por nós ter representado tão bem. PARABÉNS SOBRETUDO PELA SUA DIGNIDADE DE NÃO TER SE ENVAIDECIDO COM O CARGO É ACHAR QUE TINHA QUE SE PERPETUAR NELE. Acho que você teve humildade e discernimento para reconhecer que não teve o devido apoio da gestora para executar os seus projetos e assim atender os anseios daqueles que como eu, lhe elegeram e esperavam talvez mais desempenho da sua parte…você foi bastante coerente com os seus princípios de educação de educação família e a religiosa. Espero que o Prefeito , Aldo Lopes e o Vice Prefeito, Gustavo Pestana reconheçam a sua capacidade como educador e lider, colocando-lhe numa função que você vir somar com a EDUCAÇÃO E OU AÇÃO COMUNITÁRIA e assim provar que você poderá fazer muito mais que um vereador que não tem o devido apoio do gestor municipal. Meu amigo, siga de cabeça erguida nessa estrada chamada vida. Você terá sempre o meu respeito e admiração pelo que você é. Um abraço afetuoso. Silvandira Jorge. Finaliza o comentário.
“Encerrou hoje 15/12/2020,(terça feira), os trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Cururupu – MA, cujo mandato de vereador, encerra dia 31/12/2020.
A minha gratidão à Deus, ao povo, na pessoa dos 522 eleitores, que aos 03 dias do mês de outubro do ano 2016, concederam a mim o privilégio de ser e estar vereador. Por que, privilégio? Para mim, filho de mãe solteira, pobre/humilde, tive que vender bolo, ir para roça ou mangue buscar lenhas para tocar fogo no forno de barro, numa época em que as anarquias/galhofadas, hoje, preconceito /homofobia, eram bastantes comuns e praticadas com muita frequência, enfim…. sobrevivi a tudo isso, sendo para mim, motivos de privilégio, ter chegado a ser membro do Poder Legislativo, na condição de Vereador.
Ao longo do meu mandado e em consonância as atribuições e competências inerentes ao vereador, apresentei: 08 indicações; 05 requerimentos, sendo todos aprovados por unanimidade pelos meus pares.
Pra ser sincero, não fiz nenhum projeto de vida política partidária com cargo, daí a justificativa de não ter vindo para a reeleição.
Ao longo do exercício do meu mandato, a experiência foi boa e irá fazer parte do currículo da minha vida pública, que juntando a minha vida profissional de professor, bem como, a minha vida comunitária, como membro integrante/atuante da Paróquia São Jorge, em Areia Branca, o que faz de mim, a pessoa, o cidadão que hoje sou e serei até o dia em que Deus permitir a minha convivência no universo dos viventes.
Como escrevera São Paulo à comunidade de Coríntios ” combati o bom combate, terminei a minha corrida, conservei a FÉ “. Mais uma vez, agradeço: Obrigado, meu Deus, minha família, meus nobres colegas parlamentares, bem como, ao povo e em especial, aos eleitores. Que Deus sempre seja o alicerce das nossas vidas. Vidas que seguem 👏🙌👏🙏👏🙌🙏“. Concluiu Roberto Pestana.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!