Logo

AQUILES LISBOA: população reclamam das péssimas condições da estrada

Publicidade Victor Farma e Auto Posto Piedade

Postado Por: Cláudio Mendes 

Data da Publicação: 07 de abril de 2019 
Fonte: Redação com Informações do Portal Icururupu
Para que o ônibus possa passar em alguns trechos é necessário que os passageiros desçam do veículo e ande na lama (Foto: Divulgação)
As péssimas condições da estrada vicinal que liga a sede de Cururupu ao povoado Aquiles Lisboa, região praiana do município, geram transtornos à população e aos condutores e prejuízos a produtores e as empresas que precisam transportar mercadorias na região.
Única via de acesso ao povoado, que é um dos maiores da região, a estrada encontra-se em situação intrafegável, passar pela estrada é sinônimo de muita reclamação e até mesmo de humilhação, uma vez que os passageiros em muitos dos pontos precisam descer e enfrentar as lamas e buracos para que o ônibus possa conseguir passar.
Além do povoado de Aquiles, a estrada da acesso aos povoados de Fortaleza e Bacabeira, entre outras localidades.
Para que o ônibus possa passar em alguns trechos é necessário que os passageiros desçam do veículo e ande na lama (Foto: Divulgação)
Uma moradora do povoado Aquiles Lisboa cansada com a situação usou um dos canais do ICURURUPU para denunciar as péssimas condições que se encontram a estrada e pedi que fosse feito uma matéria sobre o caus vivido pela população. Em seu depoimento, a moradora relata preocupação quanto ao tráfego de veículos pelo local, sobretudo o transporte escolar que faz percurso no local, e veículo em geral, pois muitos usam o transporte para realizar suas compras na sede do município bem como outras necessidades.
O ICURURUPU, a moradora enviou diversas fotos feitas por ela que ilustram a situação caótica, onde mostra a estrada cheia de lamas e muitos buracos, causando riscos a população na localidade e transtorno aos condutores de veículos. Ainda segundo a moradora, a situação da estrada de Aquiles Lisboa reflete a situação de praticamente todas as estradas de responsabilidade do município, em sua maioria totalmente intrafegável, e quem sofre é a população que não tem outra alternativa para se deslocar até a sede do município, além de causar prejuízos econômicos para as comunidades.
É preciso que a prefeitura do município monte uma operação para que seja feita recuperação imediata dos pontos críticos na cidade, tendo em vista o período do inverno que está um pouco mais forte, pois nas condições em que se encontram as estradas, corre o risco de acontecer algum acidente ou até mesmo os alunos perderem aula por ausência do transporte escolar por não conseguir fazer trafegabilidade no local. A população da zonal rural implora por qualquer ação do município que possa amenizar a situação.
“Estamos numa situação constrangedora. Temos uma prefeita que prometeu tanta coisa na campanha e no entanto até agora, quase três anos depois nenhuma mudança aconteceu, apostamos em suas promessas acreditando que realmente houvesse melhoria, no entanto quando existe é pra pior. Temos uma zona rural que está completamente abandonada, é uma vergonha a situação que nos encontramos, da sede à zona rural a situação é a mesma, totalmente abandonada e esburacada, e a justificativa é sempre a mesma, as fortes chuvas, a questão é, porque nada fizeram no verão”, desabafa a moradora ao ICURURUPU. 

Posto Guará
“É muito fácil culpar as fortes chuvas, ocorre que se houvesse feito algum serviço no verão o impacto hoje seria menor, entendemos que as fortes chuvas tem contribuído para as condições da estrada, mais não aceitamos culpa-la por essa situação, desde de 2016 que não existem manutenção na estrada, quando procuramos o município a justificativa é sempre a mesma, que após o período chuvoso vão arrumar, ocorre que não acreditamos mais nessas promessas, afinal isso ocorre ano após ano”, desabafa um morador da região ouvido pela nossa equipe.
O ICURURUPU enviou uma mensagem ao senhor Marcelo Mendes, secretário de obras do município de Cururupu, o secretário visualizou a mensagem, porém até a publicação desta matéria não se manifestou sobre a situação da estrada de Aquiles Lisboa conforme relatamos pelos passageiros.




0 Comentários

Deixe o seu comentário!